Mobirise

ANJOS DA ESCOLA

Anjos da Escola é um projeto social com fulcro educacional, o qual foi criado para suprir as necessidades de acesso às aulas remotas destinadas às crianças, devidamente matriculadas em escolas públicas.

Mobirise

Seja um parceiro

Nos ajude a levar conhecimento e alegria para as crianças que não têm condições de comprar um computador ou acesso à internet

Anjos da Escola é um projeto social com fulcro educacional, o qual foi criado para suprir as necessidades de acesso às aulas remotas destinadas às crianças, devidamente matriculadas em escolas públicas.

A ideia desse projeto solidário surgiu durante a pandemia, ocasionada pela COVID-19, quando 7 amigos (amizade de muitos anos... desde a infância!) tomaram conhecimento de que três irmãos estavam chorosos, pois não possuíam nenhum equipamento para que pudessem acessar as aulas online, disponibilizadas para suprir o estudo domiciliar durante o isolamento social. 

Tocados por esta informação, o grupo não mediu esforços e, em menos de 24 horas, conseguiu efetuar a doação de um equipamento completo para atender às necessidades daquela família. 

Ao receberem fotos das crianças desfrutando do presente recém- chegado, a ideia de prestar ajuda para outras crianças surgiu e, em apenas 5 dias, o grupo recebeu doações de equipamentos de informática, os quais ocuparam tanto espaço que o grupo percebeu que esse projeto não poderia ficar no anonimato e tão pouco abranger um número pequeno de crianças. 

Ali nascia o projeto, cujo nome foi escolhido por uma criança, que ao ouvir a descrição de como seria o mascote, imediatamente proferiu a frase: “vocês são os Anjos da Escola!”

1 - Coleta – Recebimento de Doações

Através de postagens nas redes sociais, muitas pessoas e empresas realizaram doações de equipamentos de informática usados, os quais apresentavam total ou parcial funcionamento. Ainda, também foram doados equipamentos sem qualquer possibilidade de reparo, os quais receberam destino adequado. E, diante de tantos donativos, os integrantes do projeto e demais voluntários realizaram a devida a coleta, a qual ocorreu diretamente nos endereços de seus doadores.

2 - Triagem

Após a devida higienização, todos os computadores, CPU’s, Notebooks, Monitores, Teclados, Mouses e demais equipamentos passaram por uma análise técnica mais criteriosa, para avaliar o destino dos mesmos: recuperação ou descarte consciente.

3 - Descarte

Tendo em vista que o projeto conta com o voluntariado de técnicos capacitados, todo equipamento apto para o reaproveitamento foi encaminhado para a recuperação, enquanto, aos demais (aqueles sem quaisquer condições de reaproveitamento) foram destinados de forma responsável a uma empresa especializada em reciclagem. Embora esse não seja o foco do projeto, ocorreu uma relevante contribuição com o meio-ambiente!

4 - Montagem/Conserto/Reparo

Nesse momento, técnicos capacitados e voluntários, remontaram os computadores, com as peças selecionadas, instalaram os periféricos, sistema operacional e demais softwares, todos com licença gratuita, para evitar possíveis softwares clandestinos. Pronto! Neste momento, os computadores estão aptos para a doação!

5 - Doações dos equipamentos e internet para os alunos

Esse é o ápice do projeto, tanto para os alunos como para a equipe do projeto. Com apoio das escolas, o projeto recebeu uma lista com a indicação das crianças que, naquele momento, mais necessitavam da assistência social dos Anjos da Escola. A entrega dos computadores, devidamente higienizados, foi realizada por membros do projeto Anjos da Escola. A instalação foi realizada por um técnico voluntário devidamente capacitado para tal procedimento. Nesse ato, o aluno, pais ou responsáveis receberam todas as orientações sobre o uso saudável do equipamento e assinaram um termo de responsabilidade, onde uma das condições era assistir um vídeo sobre “Cibercrimes e sobre questões de uso adequado da tecnologia”, vídeo este que deverá ser tema de uma redação, sendo que o aluno deverá entregá-la na escola, quando do retorno das atividades presenciais. Posteriormente, o aluno recebeu a instalação de um ponto de internet, o qual foi apadrinhado por uma empresa ou cidadão voluntário e ficará disponível durante o período de quarentena escolar.

Mobirise

Varginha Online

Matéria sobre o projeto do portal Varginha Online

Mobirise

Blog do Madeira

Matéria sobre o projeto do portal Blog do Madeira

Mobirise

EPTV

Matéria sobre o projeto do portal EPTV

Gostou do projeto?

Colabore hoje ainda

Built with Mobirise web page templates